Atividades

  • Análise da sala dos compressores: consultoria e ventilação;
  • Análise do rendimento dos compressores;
  • Medição do consumo de ar comprimido – pontual e geral;
  • Medição dos desperdícios por vazamentos (R$ e kW);
  • Análise e proposta para otimização do sistema de ar comprimido – redução de custos operacionais;
  • Análise da qualidade do ar comprimido, Metodologia Anvisa e Farmacopéas;
  • Estudo e re-projeto da rede de ar comprimido;
  • Projeto de nova rede de ar comprimido;
  • Execução de montagem e instalação de redes de ar comprimido (“turn-key” ).

Análise

Somos especializados em análise da qualidade do ar comprimido no que se refere à:

  • Análise do teor de óleo;
  • Análise do teor de particulados;
  • Análise do teor de umidade;
  • Análise bacteriológica.

Elaboramos toda validação do Sistema de Ar Comprimido, desde o plano mestre de validação até o relatório final de validação passando por todas as etapas de qualificação do Sistema de Ar Comprimido.

O uso do ar comprimido na produção de remédios, de bebidas, de alimentos, de cosméticos, nas aplicações medicinais, nos hospitais e laboratórios, requer um alto grau de qualidade, isenção de contaminações de óleo, de particulados, de umidade e bactérias. Nestes casos instalamos compressores isentos de óleo, secadores e filtros coalescentes, ou seja, deve-se ter um projeto bem elaborado e apropriado para os fins destinados. Seguimos os preceitos da Farmacopéa Européia e da ANVISA (Agência Nacional da Vigilância Sanitária).

Análise de Ar Comprimido

A água condensada que surge no ar comprimido é extremamente prejudicial ao sistema de ar. Os compressores lubrificados, quando não têm planos de manutenções eficientes, permitem a presença de óleo juntamente com o condensado, este presente no sistema de ar comprimido aumentam os custos de manutenção.

Ar Comprimido
Ar Comprimido

O excesso de água no sistema de ar comprimido deve-se a ineficiência do resfriador posterior dos compressores, ou também a falta de purgadores eficientes instalados ao longo da rede, ou ainda a inadequação do projeto da rede de ar comprimido.

O condensado nas linhas de ar comprimido produz particulados ferruginosos que entopem os filtros de linha, reduzindo a pressão do ar comprimido no sistema e a eficiência dos dispositivos pneumáticos. O excesso de óleo proveniente dos compressores originam os particulados carbonizados, os quais são extremamente nocivos ao sistema de ar comprimido.

Ar Comprimido

Laudos NR13

Caldeiras e Vasos de Pressão: Estabelece todos os requisitos técnicos legais relativos à instalação, operação e manutenção de caldeiras e vasos depressão, de modo a se prevenir a ocorrência de acidentes do trabalho.

Executamos testes e fornecemos laudos para reservatórios e caldeiras, sendo analises por ultrassom e hidrostáticos. (Executados por Engenheiros).

Projeto

A Abacom tem imensa experiência em projetos e execução de montagens de redes de ar comprimido, sala de compressores e dutos de ventilação e exaustão.

Projetamos e executamos linhas de ar comprimido com até Ø 16’’ e 2.000m de extensão, com perda de carga de 0,1 bar. Realizamos projetos e instalações para compressores de pequeno porte, bem como para compressores de grande porte. Compressores com 900 HP de potência. A sala dos compressores bem projetada otimiza o sistema de ar comprimido e reduz os custos do ar comprimido gerado.

Ar Comprimido
Ar Comprimido

Executamos projetos e confecção de redes de ar em alumínio e em aço.

Montagem

A maioria das redes instaladas apresenta uma série de anomalias, tais como:

  • Duplicação de linhas desnecessárias;
  • Crescimentos desordenados;
  • Instalações precárias.

Há ausência de um plano de gerenciamento do sistema de ar comprimido. O gerenciamento bem executado reduz os custos operacionais e os custos de manutenção.

Ar Comprimido
Ar Comprimido

A Abacom executa projetos e instalações para compressores de pequeno porte, e também compressores de grande porte. Compressores com 900 HP de potência.

Projetos e execução de instalações:

  • Mecânica;
  • Hidráulica;
  • Elétrica;
  • Sala dos compressores;
  • Sistema de exaustão e ventilação;
  • Rede completa de ar comprimido.
Instalação de Compressores

A instalação de redes de ar comprimido deve e são executadas dentro de um projeto concebido com todo o rigor técnico para que não fiquem subdimensionadas em curto espaço de tempo. Quando bem projetadas, ao longo dos anos permite os inevitáveis aumentos vegetativos sem comprometer o sistema como um todo.

Instalação de Compressores

Consumo

Temos aparelhos apropriados para medir o consumo do ar comprimido, ponto a ponto de consumo, medindo consumo total. Aparelhos eletrônicos que fornecem gráficos relativos ao consumo e a pressão. Avaliamos os picos de consumo e as quedas pontuais de pressão.

O balanço do ar comprimido é importante para o gerenciamento do sistema de ar comprimido. Tem-se desta forma o ar comprimido gerado real, o consumo total e as perdas por vazamentos. Com estes dados tem se conhecimento do ar comprimido disponível. Pode-se, assim estabelecer ações corretivas.

Redução

Temos uma vasta experiência em análise das salas dos compressores e a análise do rendimento dos compressores. A média do rendimento dos compressores é de 90%, significa que em média as empresas desperdiçam 10% de energia elétrica.

O custo do operacional do ar comprimido se eleva em 10%;

Aqui temos uma tabela típica e real relativa as proporções dos custos da energia elétrica empregada na geração do ar comprimido;

Resumo de casos reais relativo as perdas de energia elétrica em compressores com baixo rendimento operacional.

Exemplo 1:

  • A potência total nominal: 2.720 kW;
  • A potência média total: 2.321 kW;
  • A perda é de: 398 kW representa 14,65%.

Resultado:

  • Custo mensal: R$34.387,20;
  • Custo anual: R$412.646.40.

Exemplo 2:

  • A potência em operação é de: 750 CV;
  • O ar comprimido gerado equivale à: 615 CV;
  • A perda é de 18% e equivale a 135 CV.

Resultado:

  • Custo mensal: R$8.640,00;
  • Custo anual: R$103.680,00.

Vazamento

O desperdício de ar comprimido por vazamentos no Brasil é de 23% em média. Índice extremamente alto, pois trata-se de desperdícios de energia elétrica. A maioria dos vazamentos está nas conexões, mangueiras, abraçadeiras, unidades de tratamento obsoletas, entre outras fontes de vazamentos.

Vazamento de Ar
Vazamento de Ar

A Abacom tem equipamentos apropriados para a detecção e quantificação dos vazamentos. Aparelhos que nos permitem quantificar o volume de ar comprimido desperdiçado e o grau de vazamento. Para reduzir o consumo e evitar o desperdício de energia elétrica, é importante gerenciar o sistema de ar comprimido.

O uso dos bicos de limpeza deve ser proibido. Todo material soprado se dispersa e polui o meio ambiente. As partículas ficam em suspensão no ar e torna-se nocivo à saúde. As empresas, no geral, combatem o uso dos bicos de limpeza que geram um grande desperdício de energia elétrica e afeta todo o sistema de ar comprimido.

Vazamento de Ar

Os desperdícios no sistema de ar comprimido não são compostos apenas dos vazamentos, mas também pelo baixo rendimento dos compressores. A falta de um bom plano de manutenção dos compressores geram custos elevados, tornando o custo operacional do ar comprimido elevado de forma desnecessária.

Consulte-nos